.comment-link {margin-left:.6em;}

quinta-feira, novembro 30, 2006

A Vida Depois da Meia-Noite...


Como já dividi apartamento com um barman e - mais recentemente - com uma barwoman e igualmente explorei terreno entre os colegas destes, posso dizer com absoluta certeza: eles conhecem as pessoas pelas bebidas que estas tomam e não pelos nomes. Já as pessoas (vulgo clientes habituais, na cabeça dos "baristas", como dizem os italianos) conhecem-nos pelo nome próprio e julgam ter com uma eles uma enorme intimidade porque, a partir da terceira bebida, contam-lhes a vida toda desde pequeninos. Mais: estão a par das infidelidades e desgraças e tramóias e da hora em que o Sr. Dr. tira a gravata e se transforma no triste beberrão que vomita no meio da sala por aguentar mal a bebida e apalpa a menina do lado sem nenhum jeitinho para engates. Por seu lado, o barman/a barwoman é sorridente (como deve ser na sua profissão) mas não diz nada sobre a sua vida pessoal. Na verdade, é com um certo desprezo que considera a clientela. Faz o seu sorriso profissional e diz-me piscando o olho de lado: "Aquele ali é o vodka laranja, duas pedras de gelo... A seca que vou apanhar agora!... Quem dera cheguem depressa as 4 da manhã!"

Pst: o desenho pretende ser a caricatura de um cliente de um bar da alta, pois claro! minhauuuuu

sábado, novembro 25, 2006

... ?

Muitas vezes quando acontece uma tragédia - tragédia é morte de gente ou, não sendo isso, doença REALMENTE grave... - o grupo (familiar ou equivalente, que amigos também são isso) une-se ainda mais que antes, esquecendo as diferenças e quezílias e guerras e dores tão antigas que antes o atormentavam.
Outras vezes, curiosamente, é a tragédia que vem abrir um corte profundo e a morte de um abre um golpe no grupo impossível de preencher: já não suportamos tocar-nos, sequer olhar-nos, porque tudo nos lembra esse ser querido que falta ali no meio de nós.
Não se sabe nunca como vamos reagir à surpresa terrível.
Na verdade, a experiência de vida só ensina uma coisa: que não está ali a ensinar coisissíma nenhuma!....

segunda-feira, novembro 20, 2006

A Gata Erra... ;) :)

Dei-me conta hoje que este ano (e ainda não chegámos ao fim ... sei bem que há fortes possibilidades de mudança no horizonte! ...) já "morei" - uso o verbo com muita precaução, como os ciganos - em dez cidades, quatro países, treze casas e uma embarcação.
"Segurança"???
Agora percebo muito bem o que diziam os meus avós: "a nossa casa está sempre connosco; a nossa pátria é aquilo que quisermos que ela seja".
Na verdade, em todo o lado se vive... e se morre.

domingo, novembro 19, 2006

Por Favor, Leia as Instruções Antes de... ;)

Tudo isto são instruções retiradas de embalagens de marcas comercializadas em países anglófonos (e não só!...). O mundo anda todo a ficar mais analfabruto, engolindo estes atestados de estupidez que nos passam.

1) na parte inferior do pacote de sobremesa de tiramisu da Tesco: "Do not turn upside down".
(agora já virei para ler esta m......., obrigadinha!)

2) no Bread Pudding da Marks and Spencer: "product will be hot after heating".
(Uh... Mate... Aquecemo-lo para quê?!)

3) na embalagem de um ferro de passar roupa Rowenta : "do not iron clothes on body".
(importante mensagem para aquele pessoal que estava a pensar poupar tempo!)

4) no xarope infantil para a tosse da Boot's: "do not drive a car or operate machinery after taking this medicine".
(já estou a ver os putos todos speedados a conduzir em alta velocidade após umas colheradas de xarope!)

5) nos comprimidos para dormir da Nytol: "may cause drowsiness"
(pois a gente não os toma para ficar de pestana aberta!!!)

6) nas caixas de luzes de Natal: "for indoor or outdoor use only"
(que outros usos se pode dar? aceito explicações para esta, URGENTEMENTE!)

7) numa misturadora japonesa: "not to be used for the other use"
(misterioso... qual seria o outro uso? tortura?... AH!!)

8) nos amendoins da Sainsbury's : "warning: contains nuts"
(brilhante!!! eu esperava tudo menos isso de um pacote de amendoins!)

9) num pacote de amendoins da American Airlines: "instructions- a) open packet; b) eat nuts"
(sem comentários... que bons robots temos na nossa sociedade perfeitinha! só é pena não pensarem...)

10) num fato de super-homem: "the use of this costume does not enable you to fly"
(aposto que muita gente foi parar ao hospital antes desta instrução salvadora!)

11) e, finalmente, numa moto-serra de fabrico sueco: "do not try to stop this device with your hands or genitals".
(porque raio está esta instrução aqui ?? que filme de terror....)

terça-feira, novembro 14, 2006

Afinal, é da genética...





















"The Y chromosome's days are numbered and its demise could lead to the creation of a new human species, predicts Jenny Graves, a professor of Comparative Genomics at the Australian National University.
The Y Chromosome started with about 1400 genes, but has lost about 1350 over the last 300 million years, says Graves, who believes the degrading chromosome will eventually be replaced by new male determining genes on other chromosomes.
She has been intrigued by studies of Y- less rodents who appear male and have not lost their ability to reproduce. They have replaced their SRY gene (the only "strong" male gene) with something else, but "we don't know what it is yet...", says Graves."




Escutai-me atentamente, homens a quem venho acusando de falta de coragem e falta de firmeza e blablabla e tudo o mais... Estais todos desculpados! Afinal, a falta de tomates de que sofreis não é culpa vossa, meus lindos exemplares: é uma degeneração genética e fatal, à qual sois inteiramente alheios.

Maldita raça humana: tudo tem defeito e vem com prazo de validade ! Irra!

sábado, novembro 11, 2006

Comment pourrais-je vivre?

Si tu n'étais pas la
Comment pourrais-je vivre?...
Je ne connaîtrais pas
Ce bonheur qui m'enivre
Quand je suis dans tes bras
Mon coeur joyeux se livre!
Comment pourrais-je vivre
Si tu n'étais pas là? ...


J'ai parfois malgré moi des craintes folles,
Même un soir sans te voir je me désole,
Tu reviens et soudain plus de tristesse...
Car tu sais l'effacer d'une caresse.


Si tu n'étais pas la
Comment pourrais-je vivre ?
je ne connaîtrais pas
Ce bonheur qui m'enivre...
Quand je suis dans tes bras
Mon coeur joyeux se livre!
Comment pourrais-je vivre
Si tu n'étais pas là?...


Les projets que je fais presque sans trêve,
Les beaux soirs ou l'espoir berce mon rêve,
Nos tourments bien charmants si loin du monde
C'est à toi que je dois ces joies profondes .


Si tu n'étais pas la
Comment pourrais-je vivre?
Je ne connaîtrais pas
Ce bonheur qui m'enivre...
Quand je suis dans tes bras
Mon coeur joyeux se livre!
Comment pourrais-je vivre
Si tu n'étais pas là...?

domingo, novembro 05, 2006

Out of My Mind









Back in a few days.


(nem sei bem quando... quando me passar o luto)

sábado, novembro 04, 2006

Conversas que a Gata Preta Ouve # 26 ou Empresas Destas = Lucro Certo!

- Discutir questões relativas ao meu ensaio, sra professora?
- Sim.
- Hum... Olhe, sra professora, eu não lhe sei responder!
- Mas eu ainda não fiz qualquer pergunta... Vamos com calma, não é preciso enervar-se.
- Não são nervos. Não sei mesmo. Eu do meu ensaio, pronto, confesso tudo, só sei o título!
- Como?! ... Explique-me lá isso, tranquilamente.
- Para ser sincero, não fui eu que o fiz.
- E então assina uma coisa que não fez? ... Copiou inteiramente? Plagiou, é isso? Estranhamente, não dei pelo plágio. Diga-me lá de onde tirou.
- Não, não copiei. Encomendei.
- Encomendou?!!
- Paguei para mo fazerem. De modo que não me pergunte nada, não sei nada. Paguei, escreveram-mo. É tudo.


Este negócio vai dando frutos no mundo inteiro! Muitas cabeças brilhantes escrevem ensaios à peça, apertadinhas pela crise, para os menos inteligentes (eufemismos que é preciso usar...) que lhes acenam com notas.
Até já há empresas (empresas, Sacré!...) que se dedicam à transacção, algumas com sítio na net e tudo, como esta: www.academia-research.com . Tristes tempos.

sexta-feira, novembro 03, 2006

Divergências...


Sabe, cheguei à conclusão que as nossas divergências são de carácter religioso: o senhor pensa que é Deus e eu não acredito nisso. Portanto, a discussão acaba aqui. Boa noite...

Foto: "Outono", Hugo Dias.

quarta-feira, novembro 01, 2006

Filosofias # 11


Don't take life too seriously; no one gets out alive.



Foto: Margot Fonteyn's pointe shoes (one of the many...)