.comment-link {margin-left:.6em;}

sábado, junho 30, 2007

A Única Coisa Certa é a Mudança


Enquanto Gata, às vezes confundiam-me muito estas coisas como, por exemplo, o portão da casa onde eu vivia, supostamente feito de aço inoxidável ter-se completamente oxidado em três meses ou isto de a minha vizinha se ter divorciado e seis meses depois ter voltado a casar exactamente com o mesmo homem, mas são vícios que me pegou a mesquinhice humana.

É por isso que fiquei muito contente por navegar para aprender da verdadeira Vida... Tinha-a quase esquecido e agora voltei a lembrar que os nossos planos mudam com cada refrega de vento, não sendo possível fazer planos nenhuns em abono da verdade.

Mas ela, meia tontinha de luz, perguntou ao Capitão: "O que temos neste mundo que seja constante?" E suspirou de satisfação feminina, encontrando um farol onde se orientar, quando ele lhe disse: "A mudança."

Podem agora dormir ambos um sono descansado, embalados na mudança que há-de, seguramente, vir. Eu, claro, ja sabia. Os Gatos vão sempre à frente.
Foto: SP, o veleiro.

sexta-feira, junho 29, 2007

Deconstructing Johann

J. S. Bach had a little problem.
J. S. Bach was in a fix.
J.S. Bach couldn’t find an answer.
What to do?


“I’ve written most of a rather fabulous work.
Toccata… it’s in d minor… but now I’m feeling a bit of a jerk.
I can’t think of what should come after it.”


Now said his wife, who was resting up after her thirty third child….
“Johann my dear, you should just go to bed. Something always comes up.”

“Don’t be a twit. It’s a real crisis and I’m working to a deadline.
What can I fit? What’d fit after that great Toccata?
Maybe it needs to be something faster?
I haven’t got a clue, and in a week the piece is due.
I’m in a panic and I’m stuck like glue.”


“Don’t get your knickers in a twist Johann.
‘Notes are only notes’ you always said.
There’s only twelve so use your head.
How many arrangements of twelve notes can there possibly be?”


That’s a problem I don’t want to deal with.
How many permutations of C and D and E and F and G is a thing that I’ve never heard of.


You can leave that to Arnold Schoenberg.
He is the person to do that twelve-tone thing.


NO! It isn’t the answer… I haven’t the foggiest…
What am I gonna do? I’m all in a panic… Aaah!
NO! What can I do? I’ve finished my Toccata but I have no fugue.


(Fugue plays ;-)
aaah…. And now I’ve got a fugue!”

The King's Singers tocam na Terceira no dia 5. Não se pode fazer publicidade, mas a gente queria estar lá para ver e não pode...
:( Vida duríssima.

quinta-feira, junho 28, 2007

Um Blog Traz Luz, às Vezes

A irmã da minha dona tem um blog.
Isto foi um choque. Quando a Anna disse "Tenho uma coisa que gostava que visses...", pensávamos que fosse uma coreografia nova (por computador claro, porque nunca morámos na mesma terra).
Influenciámos a rapariga? De modo algum. Apesar de ser a mana mais nova, a personalidade dela é forte como a nossa, embora tão diferente como Vénus de Ceres (ela é Vénus, e tem braços, não é como a desengonçada da Vénus de Milo, apesar da influência italiana).
Então, um blog. Dissemos-lhe:
"Porque decidiste escrever coisas assim em público?"
"Não é bem para o público... É porque me esqueço dos meus pensamentos e acho uma pena não os guardar. O computador é práctico."
"Sim, mas as pessoas vêem o que escreves".
"Pois, isso é bom. Posso saber se isso ressoa em alguém ou não."
Nunca pensei que tinha algo minimamente comum com esta Anna, Vénus e Ceres que não eram de grandes convívios para além da dança e da Itália (ah pois e o pai e tal e o formato da cara dessa menina é como o da outra, de algum modo duras e distantes até que se riem e se desfazem). Vénus, a luminosa, escreve.
Perguntámos:
"E então mudar de casa, mudou a tua vida?"
" Ah, na verdade são as capacidades energéticas de cada um que alteram o espaço físico onde vivemos e não o oposto!"
Ceres não conhece Vénus. Onde perdi o rasto da Luminosa?
"Anna, tenho mais uma Gata Preta. Queres um Gato Preto? A nós, ao contrário dos outros, dá-nos sorte."

The World of the Chimney Sweeps


- Mary Poppins! - said George Banks and he was as red as a hot pepper and screamin' at the top of his lungs - I demand an explanation!!!
- First of all - said Mary, gently taking off her white gloves - I should like to make one thing quite clear.
-Yes, please do.
- I never explain anything.
Mary Poppins, P.L. Travers (livros da minha infância), Foto: Caiê

domingo, junho 24, 2007

Se Uma Gata Incomoda Muita Gente...


A Pug, Gata Preta, informa os amigos e os outros que ainda por cá passam que agora somos duas. Inesperadamente, num dos nossos passeios, encontrámos numa praia, após uma saída nocturna, mais uma Gata toda Preta e não pudemos resistir!...

A nova Gata Preta é a Margarida (havia quem lhe quisesse dar outros nomes, mas a tripulação foi soberana!). A homenagem fica feita a essa geração de valentes e a Gata é melhor que uma flor. Até porque as bandidas das flores provocam cá uma febre dos fenos nesta altura do ano... ;)



Foto: Pug e companhia, by Caiê

quarta-feira, junho 13, 2007


Pscht!
Mas o que é que vocês todos - cambada de desocupados - vêm para aqui fazer, se eu tinha miado que não havia mais nada para ninguém, hã?

Foto: Portugal no seu melhor